engenharia mecanica automotiva

Engenharia Mecânica Automotiva: O Que é, oportunidades e 13 grandes empresas para trabalhar no Brasil

Você é apaixonado(a) por carros? 

Então imagina trabalhar na linha de montagem de uma montadora de automóveis multinacional? 

Pois você pode fazer isso se cursar Engenharia Mecânica Automotiva!

Você talvez já tenha ouvido falar do curso, talvez só de Engenharia Mecânica ou de Engenharia Automotiva. 

Mas se você não sabe a diferença e quer saber mais sobre o que é Engenharia Mecânica Automotiva, oportunidades e 13 grandes empresas para trabalhar no Brasil, então este artigo é para você!

O que é Engenharia Mecânica Automotiva?

Engenharia Mecânica Automotiva é um dos cursos mais multidisciplinares e, dentre as engenharias, é um dos que mais possui oportunidades, tanto pela variedade de ocupações quanto pela demanda de emprego no Brasil.

Do projeto até a montagem, o profissional formado em Engenharia Mecânica Automotiva está presente em todas as etapas de fabricação de carros, motos, ônibus e caminhões. 

Sua principal função é projetar, desenvolver e melhorar os automóveis. 

Por isso, o curso oferece todo conhecimento teórico e prático para que o estudante possa trabalhar em indústrias de autopeças e montadoras de veículos.

engenharia mecanica automotiva o que e

Qual a diferença entre Engenharia Mecânica e Engenharia Automotiva?

Os cursos de Engenharia Mecânica e Engenharia Automotiva (ou Automobilística) são interligados e não é à toa que muita gente confunde ou tem dúvida sobre elas. 

A grande diferença é que a Engenheira Mecânica forma profissionais que podem trabalhar na projeção de máquinas de diversos segmentos, como construção civil, usinas de energia, indústria de alimentos e muitas outras. 

Já a Engenharia Automotiva forma profissionais focados na área automotiva

Mas se você achava que deveria escolher entre uma formação mais genérica ou uma mais específica, está enganado.

Algumas universidades, de uns anos para cá, estão unindo esses dois cursos e gerando um novo: Engenharia Mecânica Automotiva, como é o caso da Escola Conquistadora.

Por meio de curso híbrido, ou seja, com aulas parcialmente EAD gravadas e ao vivo (síncronas e assíncronas), você pode ter a formação completa de engenheiro mecânico, tendo uma noção melhor de todo o universo das máquinas, quanto de engenheiro automobilístico, tornando-se mão de obra super especializada para atuar com automóveis.

Onde um Engenheiro Mecânico Automotivo pode trabalhar?

engenheiro mecanico automotivo

O mercado para um engenheiro mecânico automotivo é enorme. 

Claro que as vagas aumentam quando o mercado de automóveis está aquecido, mas, independente disso, os fabricantes precisam sempre de inovações e novas tecnologias.

Por isso, se você está em dúvida sobre cursar Engenharia Mecânica Automotiva, veja em quantas áreas diferentes você pode trabalhar após formado:

  • Fábricas e montadoras de veículos
  • Equipes de competição automobilística
  • Serviços técnicos de importadoras de veículos
  • Serviços técnicos de representantes de equipamentos para o setor
  • Como autônomo, prestando consultoria para empresas automobilísticas
  • Empresas de inspeção, homologação e legislação automóvel
  • Empresas de transporte, para a melhoria e inovação das frotas
  • Formador de trabalhadores especializados em serviços técnicos
  • Indústria de autopeças
  • Pesquisador
  • Professor de cursos técnicos, graduação e pós-graduação

Lembrando que é super comum que já se possa atuar na área antes mesmo da conclusão do curso, por meio de estágios em empresas e indústrias. 

Os estudantes costumam ser disputados e a experiência é super vantajosa para a carreira. 

Se você quer se preparar para algum recrutamento, veja aqui dicas das melhores respostas para entrevistas de emprego.

Qual é o salário de um Engenheiro Mecânico Automotivo?

O salário do Engenheiro Mecânico Automotivo é alto se comparado à média brasileira. 

A explicação é simples: é um cargo que exige alta formação e super demandado no mercado, especialmente por empresas grandes e multinacionais.

Um Engenheiro Mecânico Automotivo ganha em média R$ 8,2 mil no Brasil, segundo o site Salário.com.br, com base em dados oficiais do Novo CAGED, eSocial e Empregador Web de março de 2022.

A faixa salarial pode variar bastante, dependendo da sua experiência, especialização, cargo, tamanho da empresa e até do lugar onde você mora. 

O teto salarial é estimado em R$ 16,3 mil levando em conta o regime CLT em todo o Brasil.

Mas lembre-se que você pode ser um profissional autônomo e multiplicar o valor que ganha, assim como dar aulas e/ou trabalhar em mais de um local.

Como se tornar um Engenheiro Mecânico Automotivo?

Para se tornar um engenheiro mecânico automotivo, é preciso cursar a graduação.

O curso de Engenharia Mecânica Automotiva e Engenharia tem duração que varia de acordo com a instituição, mas, em geral, leva 5 anos.

Assim como outras áreas da Engenharia, a grade curricular da Engenharia Mecânica Automotiva é dividida entre disciplinas gerais de Ciências Exatas e disciplinas específicas ou práticas.

Ou seja, você estuda matérias como: 

  • Cálculo;
  • Álgebra;
  • Segurança do Trabalho;
  • Termodinâmica;
  • Desenho Técnico Mecânico;
  • Resistência de Materiais Avançados; 

E Sistemas de Montagem Automotiva. 

Isso tudo você pode estudar em variados modelos, como os tradicionais presenciais, ou sem sair de casa se optar por um curso à distância. 

E o melhor que se escolher o sistema híbrido, que mescla aulas ao vivo e gravadas, pode estudar no momento que for melhor para você, mas com a possibilidade de tirar dúvidas em aulas em tempo real quando necessário.

13 grandes empresas para um Engenheiro Mecânico Automotivo trabalhar no Brasil

engenharia mecanica automotiva oportunidades

A indústria automobilística brasileira tem mais de 60 anos de história e, segundo a Anfavea (Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores), emprega 1,3 milhão de pessoas, direta e indiretamente, em todo o país.

O Motor1.com, do UOL, fez uma lista com 13 grandes empresas do setor e que são oportunidades para Engenheiro Mecânico Automotivo. Veja!

1. BMW

Instalada em Araquari, Santa Catarina, é responsável pela produção do 320i, do SUV X1, X3 e X4. Tem capacidade de produção de 32 mil veículos por ano.

2. Caoa (Chery e Hyundai)

A sede em Jacareí (SP) produz Tiggo e Arrizo. A capacidade de produção/ano é de 82 mil veículos. Já a unidade de Anápolis (GO) fabrica Caoa Chery Tiggo, Hyundai HR, iX35, Tucson e HD80. Tem capacidade para 115 mil veículos por ano.

3. General Motors (Chevrolet)

Há três fábricas no país. A unidade de Gravataí (RS) produz o Chevrolet Celta e Onix, e uma capacidade de 350 mil unidades/ano. Em São Caetano do Sul (SP), são produzidas mais 330 mil unidades de Joy, Tracker e Spin. E em São José dos Campos (SP), capacidade de 60 mil para os modelos S10 e Trailblazer.

4. Stellantis (Fiat, Jeep, Peugeot e Citroën)

A fábrica de Betim (MG) é responsável pelos modelos Pulse, Argo, Uno, Mobi, Strada, Doblò, Grand Siena e Fiorino, e pode produzir até 700 mil unidades por ano. Em Goiana (PE), são produzidos Fiat Toro e Jeep Compass e Renegade. A capacidade é de 280 mil unidades/ano. Já o Polo Automotivo de Porto Real (RJ) é responsável pelos modelos nacionais de Peugeot e Citroën, com capacidade de 150 mil unidades.

5. Honda 

Em Itirapina (SP), a fabricante tem capacidade de produção/ano de 120 mil unidades e é responsável pelos modelos produzidos Fit, HR-V e WR-V. Em Sumaré (SP), produz mais de 120 mil, nos modelos Fit, City e Civic.

6. Great Wall

A chinesa Great Wall adquiriu a fábrica em Iracemápolis (SP) que era da Mercedes-Benz e informou que teria capacidade anual de 100 mil carros.

7. HPE (Mitsubishi e Suzuki)

A fábrica de Catalão (GO) tem capacidade de produção/ano de 100 mil unidades de Suzuki Jimny, Mitsubishi L200 Triton Sport, Eclipse Cross, Outlander Sport e ASX.

8. Hyundai Motor Brasil

A fábrica de Piracicaba (SP) produz os modelos HB20 e Creta, com capacidade de 210 mil unidades por ano. 

9. Jaguar Land Rover

Em Itatiaia (RJ), atualmente apenas o Discovery Sport ainda é montado no país. Porém, a empresa já confirmou que o Evoque voltará a ser fabricado por aqui também. A capacidade de produção/ano é de 24 mil  unidades.

10. Nissan

A planta de Resende (RJ) é usada para a produção do Kicks, mas em breve deve ser também do SUV Magnite. A capacidade é de 200 mil unidades ao ano.

11. Renault

A fábrica de São José dos Pinhais (PR) produz Sandero, Logan, Duster, Duster Oroch, Captur e Kwid. A capacidade é de 320 mil unidades por ano.

12. Toyota

A sede em Indaiatuba (SP) tem capacidade de produção/ano de 74 mil unidades, e produz o Corolla. Já em Sorocaba (SP), com capacidade de 122 mil unidades, é responsável pelos modelos Etios, Yaris e Corolla Cross.

13. Volkswagen

São três plantas de capacidade não informada. A de São Bernardo do Campo (SP) produz Polo, Virtus, Nivus e Saveiro. Em São José dos Pinhais (PR), é fabricado o T-Cross e em Taubaté (SP), os famosos Gol e Voyage.

Profissão de milhões

Se você era apaixonado por carros, talvez agora você seja um apaixonado por Engenharia Mecânica Automotiva

O curso é ideal para pessoas como você, que se imaginam trabalhando com algo que curtem, com a qual podem realizar muitos sonhos seus e também de outras pessoas.

Sabe quando você pode começar? Agora! Estude na Conquistadora.

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail e turbinar seus estudos!

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.