como fazer redação do encceja

Como fazer a redação do Encceja: Dicas + exemplos de textos nota 10

Sabemos que, para acessar o mercado de trabalho ou até mesmo o Ensino Superior, são exigidos alguns papéis chamados de… diploma.

E, hoje, não possuir um diploma não é mais um obstáculo definitivo. 

Se você, por falta de grana ou de oportunidade, não conseguiu concluir o Ensino Fundamental e o Ensino Médio na hora certa – ou seja, na adolescência, não é preciso se desesperar.

Há alternativas para o adulto que precisa recuperar esse tempo perdido!

Fica tranquilo: vamos te explicar tudo sobre como fazer a redação do Encceja, o Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos!

Como funciona a redação do Encceja?

Afinal, o que é isso?

O Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos (Encceja) é uma opção para quem não conseguiu terminar o Ensino Fundamental ou o Ensino Médio em idade regular.

A partir da prova, é possível obter esses diplomas e conseguir uma vaga melhor no mercado de trabalho ou até mesmo em algum concurso que exija comprovação de conclusão de Ensino Médio.

O exame é composto de quatro provas objetivas, cada uma com 30 questões de múltipla escolha.

Além das 120 questões, há também uma redação de até 30 linhas.

E é aí que o bicho pega!

A prova de redação costuma deixar todo mundo nervoso.

Isso porque não existe a opção de “chutar”, caso você não saiba a resposta.

A redação é uma folha em branco que fica lhe encarando até que você a preencha com palavras. 

Boa notícia: é possível aprender a dominar a arte da escrita.

Talvez você não vire o próximo Fernando Pessoa, mas certamente conseguirá escrever uma redação!

Quais são as principais competências analisadas na redação do Encceja?

A prova de redação é muito importante! 

Sabemos que é mais fácil estudar as matérias práticas do que ficar treinando redações, mas o texto também faz parte da avaliação.

Uma nota baixa na redação pode fazer com que você seja eliminado, mesmo com uma nota boa na avaliação objetiva.

O Encceja cobra o mesmo formato de texto há anos: é uma dissertação argumentativa. 

Você será apresentado a um tema – geralmente, algum assunto da atualidade – e terá de apresentar uma solução ao problema.

Não basta, claro, apresentar uma solução “receita de bolo.”

É preciso argumentar e apresentar motivos claros pelos quais a solução faz sentido, dentro do contexto da realidade do Brasil.

A capacidade de argumentação e de apresentar ideias claras são bastante avaliadas na prova!

Embase suas respostas. Evite “achismos” e presunções.

Se não tiver certeza do que está escrevendo, pense em outra ideia.

Além disso, você precisa, claro, escrever!

Ocupar 4 linhas ou menos pode fazer com que você leve um belo zero na redação.

Procure estar informado! Quanto mais você ouvir rádio, ver telejornais e ler periódicos, maior será sua capacidade de ilustrar com exemplos da atualidade o que quer dizer.

Se você tiver esse hábito, dificilmente será surpreendido com algo que nunca ouviu falar na prova de redação.

Até porque as provas costumam oferecer um texto base para que você possa desenvolver sua redação a partir dele.

Veja os temas dos últimos anos:

2018 – Ensino Fundamental: Possibilidades de uma alimentação segura para a população brasileira

2018 – Ensino Médio: Os riscos do trabalho noturno para a saúde do trabalhador

2019 – Ensino Fundamental: Novas formas de consumo consciente

2019 – Ensino Médio: A organização do tempo e o acesso às redes sociais

2020 – Ensino Fundamental – Abandono afetivo do idoso no Brasil

2020 – Ensino Médio – Combate ao abuso sexual contra crianças e adolescentes no Brasil

Também tome cuidado para não fugir do tema proposto.

Antes de começar a escrever, procure elencar em tópicos o que você vai abordar. 

Use a folha de rascunho para fazer isso!

Assim, quando você for transformar em texto, será mais fácil elaborar a argumentação de forma coesa e coerente.

Lembre-se de que não basta fazer sentido na sua cabeça.

É preciso que qualquer pessoa, ao ler a redação, entenda o que você está querendo dizer.  

Resumindo, eis o que você precisa demonstrar ao examinador ao fazer a redação do Encceja:

  • Domínio da norma culta da língua portuguesa (ou seja, nem pense em usar gírias)
  • Conhecimento dos mecanismos linguísticos para elaborar uma argumentação
  • Habilidade para escrever um texto dissertativo-argumentativo (ou seja – não tente escrever outro tipo de texto, por mais que você possa achar mais fácil)
  • Habilidade para interpretar fatos e opiniões e para relacionar, selecionar e organizar informações que sejam relevantes para sustentar a argumentação

6 dicas para você mandar muito bem na prova do ENCCEJA

1. Comece pela redação

Sabemos que responder 120 questões é praticamente uma maratona!

Pode ser bastante cansativo

Então, para evitar que você chegue já cansado e talvez um pouco mais lento para a parte que costuma ser mais difícil, comece pela redação!

Leia o tema assim que for permitido folhear a prova.

Enquanto preenche seus dados, já vá pensando no que pode colocar no papel. 

E, em vez de partir para as perguntas objetivas, inicie o percurso pela redação! 

Você estará com mais gás logo no começo da prova e será mais fácil planejar uma linha de raciocínio que faça sentido. 

2. Texto base

Preste atenção nos textos base, que acompanham a proposta de redação. 

Esses textos motivadores já trazem um contexto que será útil para desenvolver sua proposta de redação. 

Considere todos os pontos apresentados. Geralmente, eles dão um norte ao que a banca examinadora espera encontrar ao corrigir o texto.

Não copie trechos dos textos motivadores, porém. Isso não é bem visto pela banca.

Utilize-os como base e até como inspiração para o seu próprio trabalho, ok?

3. Não fuja do tema

Essa é uma das dicas mais valiosas para seu texto.

Preste muita atenção ao tema proposto. 

Se você começar a divagar demais, ou a tentar explicar demais o que está querendo dizer, corre o sério risco de se afastar do tema.

E isso pode fazer com que você zere a redação, eliminando qualquer chance de passar no Encceja.

Você pode citar frases de autores conhecidos, acontecimentos históricos e exemplos, desde que eles estejam relacionados ao tema proposto.

Não perca muito tempo com eles: ou seja, não permita que esses “enriquecedores” se tornem o ponto central do texto.

Também preste atenção ao tipo de texto que você precisa elaborar: uma redação dissertativa-argumentativa.

Ou seja, não traga um conto, uma crônica ou uma poesia.

Pode ser criativo, mas não é o que o Encceja quer de você, ok?

4. Separe a argumentação em parágrafos 

Para não se perder no texto, sugerimos que você o estruture em quatro ou cinco parágrafos, respeitando o número máximo de linhas.

Aproveite a folha de rascunho para já separar o que você pretende escrever em cada parágrafo. 

Não pule linhas entre o título e a introdução e entre os parágrafos. 

Ao terminar a frase, comece a próxima na linha seguinte. 

Ah, e comece as frases com letra maiúscula, sem esquecer do ponto final. 

Não precisa escrever “fim” para sinalizar o fim do parágrafo, tá?

Vamos, então, aos parágrafos. 

1º parágrafo: Essa é a hora de fazer uma introdução. 

Veja algumas dicas, neste artigo, para fazer uma boa introdução.

Apresente as ideias que serão desenvolvidas nos próximos parágrafos. 

Se quiser fazer alguma comparação ou relacionar o tema, esse é o momento. 

2º e 3º parágrafos: Agora é a hora de elaborar a principal parte do texto! 

Você já apresentou os argumentos que irá desenvolver: pois bem, desenvolva-os! 

Seja claro e coerente. 

Não enrole demais nem se preocupe em utilizar palavras rebuscadas para impressionar a banca examinadora. 

Ah, e se você achar que precisa de mais um parágrafo para elaborar sua defesa, não tem problema. 

Só atente para o número máximo de linhas, ok?

4º (ou último) parágrafo: Aqui, você vai concluir suas ideias. 

Este artigo traz dicas para uma boa conclusão!

Deixe claro que é uma conclusão, por meio de conjunções como ‘Assim sendo”, “em suma”, “por fim.” 

E traga uma solução para o problema que você apresentou!

5. Não esqueça do título

Ah! Antes dos parágrafos, é importante escolher algo fundamental: o título. 

O título prende a atenção do leitor e convida-o para ler o restante do texto.

Claro que a banca examinadora será obrigada a ler o seu texto.

Mesmo assim, opte por um texto que resume bem o seu tema e que seja interessante ao leitor!

6. Esteja informado

Enquanto você estiver estudando e se preparando para o Encceja, não deixe de estar atento ao que acontece ao seu redor.

Muitos temas da atualidade são pauta da redação do exame.

Se você estiver a par do que está acontecendo, já é meio caminho andado.

Não se preocupe em decorar nomes e datas. Basta estar atento às notícias de jornais e de televisão, e procurar estar por dentro dos principais assuntos que regem o dia a dia do brasileiro.

Além disso, se você tiver bem desenvolvido o hábito da leitura, a probabilidade de o seu texto ser melhor é muito alto!

Isso porque ler é uma das principais maneiras de escrever bem!

Veja, neste artigo, os benefícios da leitura para a escrita!

Enquanto você estiver estudando e se preparando para o Encceja, não deixe de estar atento ao que acontece ao seu redor.

Muitos temas da atualidade são pauta da redação do exame.

Se você estiver a par do que está acontecendo, já é meio caminho andado.

Não se preocupe em decorar nomes e datas. 

Basta estar atento às notícias de jornais e de televisão, e procurar estar por dentro dos principais assuntos que regem o dia a dia do brasileiro.

Por que a redação é tão importante na prova do Encceja?

Uma boa nota na prova de redação do Encceja é meio caminho andado para o diploma que você está tentando alcançar.

Não subestime a redação, nem a deixe em segundo plano.

Treine, e treine muito, a parte da redação.

Geralmente, é a parte que “quebra” os alunos.

Em tempo: o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) costuma disponibilizar, anualmente, a Cartilha de Redação do Encceja. 

O documento traz várias orientações a respeito da prova, com recomendações e dicas sobre como deve ser o seu texto e como ele será avaliado pelos corretores. 

Não deixe de conferir esse material, ok? Principalmente se escrever não for muito a sua praia.

Na prática: modelos de redação para você se inspirar 

A Cartilha de Redação de 2020 traz exemplos de redação nota 10, tanto para a prova de Ensino Fundamental como para a prova de Ensino Médio.

Veja um exemplo de redação nota 10 na prova de Ensino Fundamental.

redação encceja ensino fundamental

Agora, veja um exemplo de redação nota 10 na prova de Ensino Médio.

redação encceja ensino médio

Preparado(a) para a prova do Encceja?

Pegou todas as dicas para fazer uma redação do Encceja?

A principal, se você quiser resumir em apenas uma, é: treine muito!

Redação é treino! Quanto mais você escrever, mais seguro e confiante estará no dia da prova.

Importante: caso você queira fazer um preparatório para a prova do Encceja, conte com o EJA EAD da Escola Conquistadora.

Nunca é tarde para alcançar seus sonhos! O Encceja pode ser a porta de entrada para oportunidades únicas na sua vida!

Tá esperando o quê para começar, hein?

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail e turbinar seus estudos!

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.