como estudar por mais tempo

10 dicas para estudar mais tempo e com mais eficiência

Antes de apresentar as dicas, vale um recado muito importante: aprender a como estudar por mais tempo nem sempre significa estudar e aprender de forma eficiente. 

Passar 5 horas lendo livros e apostilas sem atenção pode ser bem menos proveitoso do que fazer essa mesma tarefa com atenção durante 2 horas. 

É claro que o tempo faz diferença, porém, a primeira dica é bem simples: quando estiver em seu momento de estudo, estude e nada mais.

Pense como se fosse um trabalho, como se você fosse um cirurgião na frente de uma mesa de operações com um paciente pronto para ser operado. 

Em um caso como esse, o médico não pode parar a cirurgia para mandar um meme para um amigo no WhatsApp ou sair para passear com o cachorro. 

Ele precisa iniciar a cirurgia e parar somente quando ela acaba.

Então, pense no seu momento de estudo como se fosse um paciente pronto para ser operado e você é o cirurgião encarregado da operação.

Se imaginou nessa situação? Então, agora vamos às próximas dicas para você aprender a como estudar por mais tempo! 

1. Preste atenção máxima nas aulas

Vai ser difícil se concentrar e estudar por mais tempo se você não prestou atenção no conteúdo dado pelo professor. 

Os professores não estão ali só para repassar informações do livro.

Eles ajudam os alunos a entenderem o assunto e fazem um trabalho muito importante de simplificar esses aprendizados. 

Ou seja, o professor descomplica a matéria e ajuda a dar clareza para os alunos.

Por isso, para você estudar bem em casa, o primeiro passo é prestar atenção no que os professores estão falando em aula.

2. Tome nota

Algumas matérias, como história, gramática, geografia e biologia são cheias de nomes, datas e detalhes. 

Outras disciplinas, como matemática, física e química dependem de fórmulas e regras que precisam ser decoradas e aplicadas. 

Pensando nisso, como fazer para lembrar de tudo? Anotando, é claro.

Prestar atenção no professor é realmente muito importante, mas não deixe de fazer anotações durante as aulas. 

Essas anotações ajudam a lembrar das partes principais da aula e vão guiar seu estudo pelos livros e apostilas. 

Para estudar mais e melhor, aposte nessa combinação: prestar atenção no professor e tomar nota das partes mais importantes. 

Essa dupla é essencial para melhorar seu desempenho e fazer com que seu momento de estudo seja bem aproveitado. 

3. Encontre um lugar adequado

Já tentou estudar para uma prova no meio da sala da sua casa, enquanto seu irmão assiste TV e seus pais conversam sobre o dia de trabalho? 

Com certeza estudar nessas condições é mais difícil do que estudar em seu quarto com silêncio, não é?

Para estudar mais, não tem segredo: é preciso se afastar das coisas que podem tirar sua concentração. 

Então, o primeiro passo deve ser encontrar um lugar que te ajude a manter o foco.

Na hora de escolher um lugar para estudar, leve em consideração os seguintes pontos:

  1. Silêncio: o local  precisa ser silencioso;
  2. Luz: uma boa iluminação é importante para manter seu cérebro atento e longe do sono;
  3. Conforto: uma cadeira e uma mesa confortáveis fazem a diferença no tempo de estudo.

O seu quarto pode resolver esse problema e oferecer essas 3 coisas. 

Porém, não se esqueça que você pode estudar em outros lugares, como bibliotecas, parques ou na própria escola. 

O importante é ter silêncio, luz e conforto. 

4. Fique longe das distrações

como estudar mais

Se você quer realmente aprender a como estudar por mais tempo, deve levar a sério essa dica:

Para estudar por mais tempo e com mais qualidade você deve se manter longe das coisas que te distraem, isso inclui:

  1. Celular;
  2. Televisão;
  3. Livros;
  4. Outras pessoas;
  5. Videogame;
  6. Computador.

Até mesmo seu animal de estimação pode ser uma distração e tirar você de um momento de estudos concentrado.

Portanto, quando você pensar no local de estudos da dica anterior, tenha certeza que você não está sabotando esse lugar adequado levando coisas que te distraem.

5. Atenção especial com o celular

O principal vilão da concentração hoje em dia costuma ser o celular. Muita gente não vive sem ele e para o que estiver fazendo para conferir uma nova mensagem.

Nossa dica é: deixe o celular longe de você. Se não for possível, coloque-o no silencioso.

A curiosidade que surge junto com aquele som de notificação pode atrapalhar muito sua concentração, portanto, mantenha seu aparelho longe

Se você tem um celular que pisca uma luz quando uma nova notificação chega, além do silencioso vale colocá-lo com a tela voltada para baixo.

6. Avise as pessoas

Para estudar por mais tempo, vale avisar as pessoas mais próximas para que elas não te atrapalhem. 

Converse com o pessoal da sua casa e com seus amigos mais chegados e informe para eles que você está em um momento de estudo.

Esse aviso ajuda a evitar novas interrupções e permite que você se concentre sem se preocupar com alguém lhe chamando ou mandando uma nova mensagem. 

Quem realmente gosta de você vai entender que esse momento é importante e necessita da sua dedicação total. 

7. Não faça um estudo 100% digital

Muitas pessoas — especialmente quem já está na faculdade, cursinho pré-vestibular ou cursinho para concurso — tem o hábito de anotar tudo no computador. 

Não há nada de errado em usar aparelhos eletrônicos para agilizar sua tomada de notas durante as aulas ou na hora de escrever um trabalho.

Porém, para estudar, o papel e as canetas ajudam muito.

Vale muito a pena deixar o teclado de lado e usar umas canetas coloridas e marca textos para construir resumos bem completos das aulas.

A mesma coisa vale para os conteúdos que você precisa ler. 

Nem sempre as telas ajudam a manter o foco durante a leitura. Elas emitem luz e cansam os olhos, por isso, vale muito a pena imprimir boa parte dos materiais de leitura e apostar no bom e velho papel. 

8. Prepare-se!!

Uma boa rotina de estudos exige uma preparação. Assim como um atleta sai pela manhã bem alimentado para sua corrida, você deve fazer o mesmo. 

Antes de começar sua rotina de estudos, faça uma alimentação balanceada.

Evite alimentos com muito açúcar e gordura, pois eles diminuem sua disposição. Aposte nas frutas, barras de cereal (ou proteína) e não pule refeições.

Lembre-se que seu corpo funciona como uma máquina: ele precisa do combustível certo para funcionar a todo vapor. 

Comer mal ou ficar com fome são duas atitudes que impactam seu desempenho, por isso, preste atenção na sua dieta!

Outra coisa que você não pode esquecer é da hidratação. 

Quando estamos desidratados o cérebro encontra mais dificuldades para raciocinar e manter o foco, por isso, deixe sempre uma garrafa de água ao seu lado.

Veja também: 11 alimentos que dão energia ao estudar

9. Exercite o corpo e a mente

Fazer exercícios físicos frequentemente é uma recomendação de todos os profissionais da saúde. 

Se exercitar evita a obesidade, ajuda na prevenção de doenças do coração, no controle da diabetes e traz muitos outros benefícios. .

Exercícios também são bons para o cérebro. Eles contribuem para a oxigenação cerebral e na liberação de serotonina, que é um hormônio muito importante. 

É como diz o ditado: mente sã, corpo são. Não deixe de fazer exercícios com frequência e também não pense neles como uma atividade que rouba seu tempo de estudos. 

Eles são um complemento importante para criar uma rotina saudável em sua vida.

E aqui vai mais uma dica: já tentou fazer um pouco de meditação? Meditar é uma excelente forma de começar o seu dia e ajudar você a deixar ele mais tranquilo. 

Vale a pena tentar!

10. Use técnicas de estudo

método de estudo pomodoro

Basta uma pequena procurada na internet para encontrar sites e vídeos que ensinam técnicas de estudo que realmente funcionam. 

Um bom exemplo é o método de estudo Pomodoro

Ela funciona de modo simples: você deve fazer cinco ciclos de 25 minutos de estudos com 5 minutos de parada. Quando finalizar o quinto ciclo, descanse durante 30 minutos e comece de novo.

Fazer esses blocos de estudo com intervalos te ajuda a manter o foco quando é necessário e abre espaço para um pequeno respiro durante sua jornada. 

E fica a última dica: durante esses 5 minutos (e no intervalo de 30) descanse sua mente, ou seja, nada de pegar o celular e ficar jogando ou lendo coisas sem relação com o estudo, o ideal é descansar mesmo!

Veja também: 10 técnicas de estudo mais e menos eficazes

Anotou todas as dicas? Agora é hora de colocar em prática!

 Seguindo as dicas acima, seu tempo de estudos vai ganhar muita qualidade

Estudar por mais tempo exige preparação e dedicação da sua parte, mas você pode aplicar essas orientações para deixar seu esforço menor e seu aprendizado ainda melhor. 

Essa dedicação não é fácil, por isso é tão importante ter um local adequado, uma boa alimentação e, claro, disciplina. 

O resultado do seu estudo depende de você e da forma como você organiza a sua vida, e quanto mais saudável for o seu dia a dia, melhor será o seu desempenho!

Gostou das nossas dicas? Não deixe de compartilhar suas técnicas para estudar por mais tempo nos comentários!

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail e turbinar seus estudos!

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.